Ler introdução completa

Mas eu sou como uma oliveira que floresce na casa de Deus; confio no amor de
Deus para todo o sempre. Salmo 52:8

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Especialistas falam sobre anencefalia



No último sábado, uma querida amiga que também é leitora do blog, a Bete, nos ligou para avisar que tinha acabado de ver a história da Vitória em um programa de TV. Ligamos no canal que ela nos indicou e assistimos o programa Fala Malafaia da metade até o final. Dois especialistas estavam participando, Dr. Rodolfo Acatuassu Nunes, professor da Faculdade de Ciências Médicas do RJ, e a Dra. Marisa Lobo, psicóloga e professora universitária em Curitiba.

Como o programa tem duração de uma hora, segue abaixo um resumo dos conteúdos apresentados com a respectiva marcação do tempo, para quem não puder assistir ou desejar assistir somente algumas parte.
Após uma breve abertura e comerciais, finalmente o programa começa aos 4 minutos. A primeira parte traz trechos importantes do voto do Ministro Cezar Peluso, ex-presidente do STF, que foi contrário ao aborto, editado em 10 minutos. Ele traz belíssimas declarações sobre o direito universal à vida e a dignidade da vida humana. Também rebate os argumentos da inexistência de aborto em caso de anencefalia, mostrando que a interrupçaõ da gestação nestes casos em muito se aproxima com práticas como a eugenia e a eutanásia. Ele encerra salientando que respeita todas as mulheres que são atingidas por esse diagnóstico e também os que pensam de forma contrária a ele, mas que lamenta e não pode concordar com a decisão tomada pela maioria dos ministros, favorável ao aborto.

Aos 15 minutos, Dr. Rodolfo traz informações muito esclarecedoras sobre a diferença da condição de morte encefálica para a condição de anencefalia, e também sobre o conceito desta malformalção. Diferente do que nome sugere, anencefalia significa ausência parcial do encéfalo e não ausência total, e logo o nome mais apropriado seria meroanencefalia.

Dra Marisa fala sobre pesquisas científicas feitas em diversos países revelando as sérias sequelas emocionais que o aborto causa na maioria das mulheres que o realizam, inclusive aumentando consideravelmente o índice de suicídio (um aumento em mais de 300% nos indíces de suicídio neste grupo). Ela também demonstra com pesquisas e exemplos a forma como muitas mulheres optam pelo aborto por pressão social, falta de apoio do companheiro ou da família. Tais mulheres declaram que se tivessem recebido mais apoio certamente não teriam abortado e não se sentem felizes com esta decisão. Há mulheres que desenvolvem sérios transtornos psíquicos decorrentes do aborto que a acompanham por várias décadas.

Aos 30 minutos é reapresentada a reportagem feita pela TV Canção Nova sobre a Vitória. Em seguida o Dr. Rodolfo dá sua opinião sobre a complexidade do diagnóstico de anencefalia. Ele esclarece que não conhece a Vitória como paciente, mas leu o blog cuidadosamente e menciona os detalhes aqui informados sobre os diagnósticos dela desde a gestação, explicando melhor os termos de acrania, excencefalia e anencefalia. Ele explica a forma como a excencefalia progride para a anencefalia e como é possível a anencefalia se apresentar de formas mais atenuadas, com maior preservação do encéfalo, não sendo possível precisar o tempo de vida extra-uterina da criança.

Dra. Marisa traz mais detalhes sobre o sofrimento e o luto posteriores ao aborto, espontâneo ou induzido. Ela explica como a médio e longo prazo o aborto que é feito pela criança ser deficiente pode causar extremo sofrimento, pesando por muitos anos no inconsciente da mulher. (até 43 minutos)

Após comerciais e uma apresentação da cantora gospel Jozyanne, o debate é retomado aos 54 minutos, com uma mensagem final dos participantes.

Dr Rodolfo lembra que, com relação ao aborto de malformações congênitas, o médico Gerome Legene, pai da genética moderna, afirmou que "Se a natureza condena, não cabe à medicina executar a sentença, mas sim transformar a pena". Para ele, a melhor maneira de tratar estas malformações é continuar pesquisando a sua cura e usar, quando não é possível curar, os chamados cuidados paliativos, que buscam dar toda a dignidade ao ser humano, dando toda a qualidade que ele precisa na vida que lhe resta.
Dra. Marisa encerra ressaltando a importância de se criar mecanismos para proteger essa mãe e lhe dar apoio para que não venha a abortar. "Não podemos relativizar a vida porque a vida não é uma coisa. Não podemos dizer que esse ser humano que vai ser abortado vai acabar ali, porque não vai. A mulher que abortar, bem como a sua família, vai sofrer as consequências disso. As mesmas pessoas que querem matar essas crianças são as mesmas que tiveram o direito de nascer".

9 comentários:

  1. Cara Joana,
    até que enfim pessoas sensatas têm espaço na mídia para expor suas idéias. A vida deve e pode continuar não só por direito, mas por amor!!!

    abraço e força na sua caminhada!

    ResponderExcluir
  2. Reforço o que Sandra Nogueira disse em seu comentário... Até que enfim!!! Essa mídia tendenciosa só mostra o lado egoísta, assassino e destrutivo do aborto, de uma forma tão romântica que a maioria das pessoas acaba se deixando seduzir. Têm matérias que chegam a ser demoníacas de tão negativas e nojentas que são...
    Mas o demônio pode até tentar, mas ele já está derrotado, pq nós somos mais que vencedores, por meio Daquele que nos amou!!! Glória a Deus!!!
    Xêro na Vitória, bebê fofaaaaa!!!!

    ResponderExcluir
  3. Querida Joana

    Ficamos felizes em ver que pessoas conceituadas ainda estão na luta , nem podemos desanimar e temos que continuar fortes e perseverantes nesse caminhar.Deus que os abençõe sempre.Bjos

    Marilene e Camila

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz em saber q ainda existe pessoas tão humanas, nem tudo esta perdido, quem sabe as pessoas comecem a mudar seus conceitos..

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Marcelo, Joana e querida Vitória.

    Fico muito feliz de saber que deram espaço em TV aberta para explicar bem a questão : encéfalo, anencefalia e claro acrania.

    Pois na Net falam cada besteira e ainda muitas pessoas acreditam, como dizer que Vitória tem somente acrania e que vocês estariam forçando a situação para impedir o aborto.

    Não sabe - e pior espalham o seu não saber - que primeiro tem a acrania e devido a isto pode gerar a anencefalia, pois o cerebro esta desprotegido.
    "O meu povo é destruído porque lhe falta o conhecimento." Os 4:6, Esta é a verdade!

    Ainda não assisti os videos, mas assim que chegar em casa (agora estou no serviço) vou assistir.

    Fiquem na paz de Jesus!

    ResponderExcluir
  6. Juliana Deangelo10 de maio de 2012 17:06

    Fique bem animada Jo! beijos no coração, Ju

    ResponderExcluir
  7. Querida Joana, a paz do Senhor Jesus, abençoada...fico muito feliz por ver q o amor de Deus derramado em seu coração lhe possibilita desfrutar da enorme alegria de cuidar e amar um bebe que com certeza é fruto do sonho de Deus...E Ele escolheu as melhores pessoas para cuidar deste anjo lindo...amada Vitória de Cristo,realmente ela é uma vitória do Senhor Jesus...e eu oro por sua vida.Realmente ela é uma ungida de Deus e vcs os pais escolhidos para proteger e zelar desta pequena vida tão preciosa para Deus...Parabéns!!Muita saúde a sua linda filha!Bjos...

    ResponderExcluir
  8. Boa noite, Escrevo por volta de meia noite em Cuiaba, 1 da manhã de SP.

    Acabei de assistir todo o programa do Malafaia, o programa foi muito bom, pois os dois convidados foram muito felizes em seus argumentos e em nenhum momento referenciando a Deus ou a Biblia, sempre mostrando do ponto de vista das suas especialidades porque são contra o aborto destas crianças.

    Joana, o blog mostra o amor de vocês pela filha, suas lutas, dores e claro as vitória de Vitória sempre mesclando mensagem de amor e confiança no nosso Senhor e Salvador Jesus. Mas com certeza é também grande fonte de informação sobre este problema. O médico Rodolfo Acatuassu conhecia muito sobre Vitória e com isto pode dar respostas precisas. Creio, que seu blog é riquissimo em ajudar como obter os cuidados paliativos uma vez que a medicina não tem a cura.

    Aproveito e quero mandar um forte abraço para o Marcelo, pois como vi pela psicóloga Marisa Lobo, em geral as mulheres abortam devido a falta de apoio e muitas vezes a imposição do companheiro. Marcelo foi contigo durante toda a gestação e continua firme contigo.

    Um beijo para grande Vitória, fiquem na Graça e na Paz de Jesus.

    "O SENHOR te abençoe e te guarde;
    faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o SENHOR sobre ti levante o rosto e te dê a paz" Números 6:24-26

    ResponderExcluir
  9. Oi, Jô! Feliz dia das mães!
    Que ótimo resumo você fez do programa!
    Assim como você, eu fiquei estarrecida com a forma que esse debate tomou na mídia e no STF. Mesmo mergulhada na dissertação, consegui acompanhar um pouquinho, e um pouquinho mais com os posts de vocês aqui. Ainda espero escrever mais a respeito, mas, para começar, acho um absurdo a mídia em geral e alguns ministros considerarem (ou darem a entender) a liberdade de abortar como uma ideia progressista, humanista (e de esquerda), enquanto a defesa da vida dos fetos vira uma coisa retrógrada, exclusivo de pessoas religiosas e, no caso dos anencéfalos, de pessoas sem conhecimento científico. Boa parte dessa discussão foi tenebrosa em vários sentidos, obscurecedora mesmo.
    Por isso, acho incrível o esforço de vocês para mostrar outros caminhos e outros significados! Achei ótimo também você postar aqui algumas exceções da imprensa.
    Assunto um pouco à parte, fico em dúvida quanto à necessidade das igrejas terem horários na TV. Embora eu não simpatize muito com o estilo do sr. Malafaia, aqui ele teve o mérito de trazer alguns especialistas que, pelo que acompanhei, foram pouco ouvidos pela imprensa em geral. Continuo pensando no assunto...

    No mais, você e a Vitória estão muito lindas! "Muito, muito lindas e vencedoras!"! ; )

    bjs de São Carlos

    P.S. Agora vou me identificar melhor, porque a Vivi e vocês estão com muitos novos amigos no blog!! Que alegria!!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita ao nosso blog. Comentários são bem-vindos e muito especiais! Por favor confira algumas orientações antes de deixar sua mensagem:

1) Este blog é um registro pessoal de nossa vida com nossa filha Vitória, que viveu conosco por 2 anos e meio após a gestação. Ela faleceu em julho de 2012.
2) Comente de maneira séria e respeitosa. Mensagens ofensivas ou desagradáveis irão p/ a lixeira.
4) Infelizmente nem sempre consigo responder todas as mensagens que recebo, mas leio a todas com muito carinho.
5) Se você está vivenciando ou vivenciou uma gestação de um bebê com acrania e anencefalia, temos um grupo muito especial de apoio no Facebook onde você será bem-vindo: www.facebook.com/groups/acraniaeanencefalia (copie e cole este endereço em sua barra de endereços da internet)
6) Se preferir, contate-me pelo e-mail joanaschmitz@yahoo.com.br

Muitíssimo obrigada por sua compreensão e respeito.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...