Ler introdução completa

Mas eu sou como uma oliveira que floresce na casa de Deus; confio no amor de
Deus para todo o sempre. Salmo 52:8

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

O céu é logo ali

Muito obrigada pela vida da Vitória. Dizer isso torna tudo mais simples. Existe um bebê para ser amado. Existe uma criança que precisa de cuidados. Ela não existia 10 meses atrás. Ela foi esperada e sonhada. E agora ela está aqui. Eu a vi quando ela tinha pouco mais de meio centímetro. E agora eu a carrego em meus braços, sinto sua respiração, seu calor, suas mãozinhas delicadamente se mexendo. Ela é muito especial.

A vida da Vitória me ajudou a enxergar não só a vida, mas também a morte de forma diferente. Quando descobrimos, durante a gestação, que a Vitória tinha acrania, uma grave malformação, que poderia morrer a qualquer momento, e dificilmente sobreviveria ao parto, foi muito difícil. Foi a dor mais profunda que já senti no coração. Foram as lágrimas mais tristes que já chorei. Eu amava aquele bebê. Eu sonhara com ele e estava lutando por ele a cada instante desde que soubera que ele estava crescendo em meu ventre. Descobri sua existência na sexta semana de gestação. Foi uma grande alegria. Havia uma criança a caminho. Mas estava tendo alguns sangrametos e precisei ficar de repouso para proteger aquele embriãozinho de 0,58 cm. Pedi muito a Deus que deixasse aquele bebê ficar. Eu já o amava tanto. Algumas pessoas me disseram que era normal sofrer um aborto espontâneo na primeira gravidez. Que se isso acontecesse eu poderia engravidar novamente. Eu não conseguia aceitar essas colocações com tanta naturalidade. Havia uma vida e não seria normal perdê-la. Não podia simplesmente aceitar que meu bebê morresse. Sentia que tinha que lutar pela vida. Tinha muito medo de perder meu bebê.

Porém quando a morte se tornou uma possibilidade real e próxima, alguma coisa mudou em mim. Eu chorei por alguns dias. Busquei muitas forças em Deus. Orei e li as palavras de Jesus dizendo para acreditar no impossível, para ter fé. E decidi acreditar que Deus poderia fazer o milagre de curá-la e deixá-la viver. Mas alguma coisa mudou. Eu já não precisava ter medo, fazer força para que ela vivesse. Ela já tinha um problema grave e agora era Deus que estava totalmente no controle. Passei a me sentir mais livre. Livre para viver. Havia uma vida dentro de mim me contagiando com a vontade de viver apesar de um grave problema. Eu também poderia viver com a mesma liberdade e alegria, apesar dos meus problemas, das minhas dificuldades.
Cada vez que ia ao médico, lá estava aquele coraçãozinho batendo, firme, forte e constante, apesar de tudo. Eu também poderia continuar firme, forte e constante apesar de minhas fragilidades, das situações difíceis que estava enfrentando e que traziam tanta instabilidade para mim e para o Marcelo. A Vitória podia morrer, mas estava viva. Em vez de chorar pela possibilidade da sua morte, passei a agradecer a Deus a cada dia por sua vida. É o que faço a cada dia, até hoje.

Mas a morte é sempre uma possibilidade que nos acompanha. Por isso, passei a pensar muito mais nas promessas de Jesus sobre a vida eterna. Sobre as moradas eternas que Ele foi preparar para nós, quando se entregou numa cruz para carregar nossos pecados e nos libertar de toda a culpa. Passei a pensar muito mais no céu. Na fragilidade dessa vida que nós vivemos, com um corpo tão vulnerável e perecível. Passei a agradecer muito mais a Jesus pelo que fez por nós. Graças a Ele, um dia a Vitória terá um corpo perfeito. Um dia ela será curada. Deus não falhou em suas promessas. Graças a Jesus posso ter alegria de ter uma fiha, apesar de seu grave problema. Graças a Jesus não preciso ter tanto medo da morte como as pessoas têm.
Graças a Jesus posso chamar minha filha de Vitória, apesar de ela ter nascido com uma grave malformação. Pois graças a Ele ela não morrerá. Ela é a Vitória de Cristo.
A Vitória me ajudou a pensar mais em Jesus. Com a Vitória, parece que o céu é logo ali. Por isso é tão fácil sorrir quando estamos com ela.


7 comentários:

  1. Olá Joana,parabéns pela sua fé, sua força e principalmente seu amor!!!! A vitória de Cristo é linda, é forte e cheia de luz.... cada vez que leio suas cartas, choro!! é a história de fé mais linda que já vi!!! Que Deus continue com vocês nesses momentos tão abençoado e feliz apesar das dificuldades. Um grande beijo!!!! Tereza

    ResponderExcluir
  2. Filha querida! Ao ler "O CÉU É LOGO ALI" quando falas que não podias aceitar que aquela VIDA poderia morrer, e que as pessoas falavam com tanta naturalidade, lembrei-me de quando eras criança, bem criança...não aceitavas que eu matasse os insetos, tipo formigas. Uma vez fizeste a seguinte pergunta:- Por que matar as formigas, mãe? Ela está te fazendo algum mal?
    Então eu penso: - Esta é a JOANA! Não poderia ser diferente! Nós te amamos!
    Amanhã, ou melhor, hoje, quando pegares a VITÓRIA no colo, segure a mãozinha dela e diga que o vovô Bruno, a vovó Alice, o tio Léo e a tia Ivana, estão orando por ela.
    Tenham uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  3. Jô, tenho acompanhado cada mensagem sua no blog da Vitória de Cristo, e vejo como a vida dela tem te inspirado a tornar o evangelho de Jesus tão vivo pra nós. Muito obrigada, por se deixar ser usada por Deus de uma forma tão especial. Amo vc demais!!!

    ResponderExcluir
  4. Gloria e louvor a Jesus pela vida VERDADEIRA.

    Pela vida da Vitoria...
    Pela Vitoria de Cristo na Cruz sobre a morte...

    Amados de Jesus

    ResponderExcluir
  5. Querida Joana, ou deveria dizer sábia Joana.... suas palavras são sábias, e com lágrimas agradeço o privilégio de poder pensar, meditar e focalizar mais no Céu, quantas vezes temos esperança em Cristo somente para esta vida, realmente precisamos pensar muito mais na vida do por vir, esta é a nossa maior esperança e motivação em Cristo Jesus, a ressureição para uma vida eterna ao lado de Deus.

    Desde o momento que fiquei sabendo do problema do seu sangramento tenho orado em lágrimas por esta vida e quero me colocar ao teu lado pela vida da Vitória e realmente ela é uma vencedora, independente das circunstâncias, o nome dela espelha a realidade mais pura: Cristo venceu a morte e ela é vencedora em Cristo Jesus. Glória Deus por isto e por muito mais que Ele está fazendo, tenhamos tão somente fé, certeza, e eu tenho certeza que ela é curada ainda nesta vida. Graça e Paz de Jesus para vocês, beijos, Juliana

    1 Co15:19: "Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais infelizes de todos os homens."
    1Co15:42,43:"Assim também é a ressureição dos mortos. Semeia-se o corpo em corrupção, é ressucitado em incorrupção. Semeia-se em ignomínia, é ressucitado em glória. Semeia-se em fraqueza, é ressucitado em poder."

    ResponderExcluir
  6. Carlos Roberto da Silva.12 de abril de 2010 09:44

    EXEMPLO DE FÉ DESSES FAMILIARES:

    joâo -4:47 = Ouvindo esse homem que Jesus tinha chegado à Galiléia, foi ter com Ele, e rogou-Lhe que descesse e curasse o seu filho, que estava a perecer.

    JOÃO - 4:48 = Jesus lhe disse: ''Se não virdes sinais miraculosos e prodígios, de modo nenhum crereis.''

    JOÃO - 4:49 = Disse o oficial: Senhor, desce, antes que meu filho pereça.

    JOÃO - 4:50 = RESPONDEU JESUS: "Vai, o teu filho goza de plena saúde. O homem CREU na palavra de Jesus, e partiu.

    JOÃO - 4:51 = Enquanto ele estava a caminho, sairam-lhe ao encontro seus servos, e anunciaram que seu filho gozava de plena saúde.

    JOÃO - 4:52 = Perguntando ele a que hora seu filho se achara melhor, disseram: Ontem à sétima hora a febre o deixou.

    JOÃO 4:53 = Então o pai entendendo ser essa exatamente a hora em que Jesus lhe disse: ''TEU FILHO GOZA DE PLENA SAÚDE.'' De modo que CREU e toda sua casa.

    JOÃO -4:54 = Foi este o segundo sinal miraculoso que Jesus fez, depois de vir da Judéia para a Galiléia.

    Pais, vamos juntar nossas fé, elevando nossos pensamentos positivos aos pés de Jesus, agradecendo-Lhe por mais esse dia de saúde da Virória. Portanto, entregando também os dias do porvir da menina VITÓRIA, para que Ele continue clinicando espíritualmente a vida dessa criança que significantemente no dia do amanhã TESTEMUNHARÁ pela vitória recebida de Deus.
    Senhor abençoa a menina Vitória e seus pais, confortando-os, dando-lhes muita saúde e bastante prosperidade espíritual para que possam testemunhar amanhã a graça recebida. Amém

    ResponderExcluir
  7. Joana!
    Estou aqui em lágrimas... Sou de Taquara e fiquei sabendo do blog através de uma amiga, hoje a tarde.
    Tenho duas filhas, após três abortos e uma pré-eclampsia. Foi sofrido, minha primeira filha nasceu prematura e ficou 10 enormes dias na UTI. E confesso que, embora sendo cristã, não tive tanta força como tu tens.
    Pode contar com minhas orações. Que Deus continue te abençoando nessa missão muito especial que Ele te deu!
    Abraço

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita ao nosso blog. Comentários são bem-vindos e muito especiais! Por favor confira algumas orientações antes de deixar sua mensagem:

1) Este blog é um registro pessoal de nossa vida com nossa filha Vitória, que viveu conosco por 2 anos e meio após a gestação. Ela faleceu em julho de 2012.
2) Comente de maneira séria e respeitosa. Mensagens ofensivas ou desagradáveis irão p/ a lixeira.
4) Infelizmente nem sempre consigo responder todas as mensagens que recebo, mas leio a todas com muito carinho.
5) Se você está vivenciando ou vivenciou uma gestação de um bebê com acrania e anencefalia, temos um grupo muito especial de apoio no Facebook onde você será bem-vindo: www.facebook.com/groups/acraniaeanencefalia (copie e cole este endereço em sua barra de endereços da internet)
6) Se preferir, contate-me pelo e-mail joanaschmitz@yahoo.com.br

Muitíssimo obrigada por sua compreensão e respeito.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...