Ler introdução completa

Mas eu sou como uma oliveira que floresce na casa de Deus; confio no amor de
Deus para todo o sempre. Salmo 52:8

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Oito meses andando sobre as águas






Foi mais ou menos no final de maio do ano passado. Estava sozinha em casa trabalhando num projeto de pintura em madeira com motivos infantis. Estava absorta misturando cores, testando os diferentes tamanhos de pincéis recém comprados, procurando a melhor forma de fazer olhos em um elefante. Ao mesmo tempo pensava na vida e a minha mente voava para muito além daquela bagunça colorida. Havia pedido demissão do meu trabalho recentemente. Desejava me realizar como artista plástica. Estava fazendo uma nova faculdade. Queria ter filhos. Mas, em meio a tudo isso, sofria tentando me encontrar. Sentia-me frágil, emotiva, desejando mais sentindo em tudo isso que sonhava. Sentia falta de andar mais perto de Deus. Como eu o amava e queria deixá-lo participar mais de todos estes sonhos. Não deixá-lo à margem em meio a um monte de compromissos, mas trazê-lo para o centro da minha vida. Deus deve ser muito mais do que tudo isso que tenho ouvido e visto. Muito mais real. O que esperar da vida além de todas estas conquistas que todo mundo vive correndo atrás?


Um elefante de cílios. Diluo bem a cor preta na água para não borrar. Somente um movimento quase imperceptível com o pulso e todo o resto do corpo imóvel. Prendo a respiração para conseguir traçar uma linha bem fina, curva e harmoniosa. Ufa. A primeira tentativa deu certo. Agora a segunda. Estou tão concentrada que não respiro. Trrrriiiiiiiimmmm. Que susto! De repente o telefone toca. Largo tudo e num pulo saio correndo para atender, um pouco contrariada. Quem vem me atrapalhar uma hora dessas?

Alô? Uma moça simpática me dá boa tarde do outro lado da linha, se apresenta e diz que está ligando para as pessoas para ler a Bíblia. Por uma fração de segundos penso arrogantemente em agradecer-lhe dizendo que já sou cristã e estou um pouco ocupada fazendo cílios em um elefante. Mas imediatamente mudo de ideia e respondo que claro, posso ouvi-la. Ela diz que lerá Números 23:19.

“Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir?”

Ela começou a explicar que Deus deixou muitas promessas para nós na Bíblia, como uma nova vida sem dor, sem doença e sem morte. Você crê nestas promessas de Deus? Enquanto a ouvia, percebi que por trás daquela moça que eu nem conhecia, que nem sabia de que igreja era e como havia conseguido meu telefone, era Deus que estava falando comigo. Eu disse-lhe que cria sim, comentei que também era cristã e agradeci-lhe, dizendo que não lembrava daquele versículo, que era muito bonito e havia me tocado bastante. Ela foi breve e ficou de retornar outro dia para conversar comigo novamente. Desliguei o telefone com lágrimas nos olhos. Não é todo dia que recebemos um telefonema de Deus. Tive a certeza que Ele havia falado comigo. Ele queria que eu me aproximasse dEle, que confiasse mais nEle. Me ajoelhei em frente ao sofá comecei a chorar. Agradeci-lhe por falar comigo. Por estar próximo. Mas sobre que promessa será que Ele estava falando? Não sabia direito, mas tive a sensação que deveria guardar aquele versículo bem guardado no meu coração.

Uma semana depois, após ter alguns sangramentos, eu descobri que estava grávida de 6 semanas, que quase havia sofrido um aborto espontâneo devido a um descolamento no saco gestacional e que deveria manter repouso. Foram dias de muita apreensão e ansiedade. Mas lá estavam aquelas palavras ecoando nos meus pensamentos: “Deus não é homem para que minta....” E seis semanas depois de descobrir que estava grávida recebi o diagnóstico de acrania para meu bebê. Ele não tinha a calota craniana. “O cérebro é um órgão muito nobre para ficar desprotegido. Vai virar anencefalia”. “Nem filho de homem para que se arrependa...” Algumas crianças nem resistem até o final da gravidez. Quando ele nascer ele vai morrer. “Acaso ele fala, e deixa de agir?” Você também pode fazer um aborto. “Acaso promete, e deixa de cumprir?”

Uma sensação de esmagamento. Sonhos esmagados e desfacelados juntamente com um cérebro exposto se deteriorando em contato com o líquido. Mas Deus não pode fazer um milagre? Será que eu ainda posso me considerar grávida? Será que ainda posso dizer que vou ser mamãe? Será que o bebê sente dor? Como vou dizer isso para as pessoas? Quando vou poder engravidar novamente? “Deus não é homem para que minta...” “Estamos de mãos atadas. Infelizmente esse diagnóstico não vai mudar. “Acaso ele fala, e deixa de agir?” “Sinto muito. Não há o que fazer.” Mas Deus não pode fazer um milagre?

Estávamos num terreno desconhecido onde parecia que nossos pés se afundavam a cada passo que tentávamos dar cambaleando. Faltava-nos força. Dava um passo e parava imobilizada pela dor. Lágrimas e vontade de sumir. Quem sabe quando eu acordar não vou ver que tudo foi um pesadelo?

Mas Deus pode fazer milagres! Jesus ainda vive e Deus ainda é o mesmo.


Mas agora assim diz o Senhor, aquele que o criou, ó Jacó, aquele que o formou, ó Israel. “Não tema, pois eu o resgatei; eu o chamei pelo nome, você é meu. Quando você atravessar as águas, eu estarei com você; quando você atravessar os rios, eles não o encobrirão. Quando você andar através do fogo, não se queimará, as chamas não o deixarão em brasas. Visto que você é precioso e honrado à minha vista, e porque eu o amo, darei homens em seu lugar, e nações em troca de sua vida.” Isaías 43:1-2; 4

Não importa o que acontecer, não estamos sozinhos. Posso não sentir a presença sobrenatural de Deus a todo momento, como raios flamejantes envoltos em névoa ofuscando meus olhos. Posso nunca ter sentido isso na verdade. Mas Ele deixou algo melhor do que efeitos especiais. Deixou promessas eternas. “Digo-lhes a verdade: enquanto existirem céus e terra, de forma alguma desaparecerá da Lei a menor letra ou o menor traço, até que tudo se cumpra” (Mateus 5:18). Preciso romper em fé.

Tive alguns sonhos muito especiais que me ajudaram a me sentir mais perto de Deus. Algumas pessoas vieram nos trazer palavras animadoras e cheias de fé em um milagre. Mas eu precisava ouvir de Deus o que fazer. Gostaria muito de ouvir o que Ele ia fazer para ficar mais tranquila. Mas Deus às vezes gosta de tornar nossa vida num verdadeiro filme de suspense. Ele é daqueles amigos que não contam o final do filme quando este mal começou. É daqueles que, quando perguntamos morrendo de curiosidade o que vai acontecer no final, simplesmente diz: “Essa parte não é muito legal, mas vale a pena assistir até o fim, porque, olha, o final vai ser demais...” e faz um silêncio que deixa a gente morrendo de raiva de tanta curiosidade.
Foi assim que nos sentimos durante a gestação da Vitória. Mas ela vai ser curada? Mas ela vai sobreviver? Então ela não vai sobreviver? Deus nos disse simplesmente que deveríamos andar sobre as águas, me mostrando essa passagem da Bíblia:

Tendo despedido a multidão, Jesus subiu sozinho a um monte para orar. Ao anoitecer, ele estava ali sozinho, mas o barco já estava a considerável distância da terra, fustigado pelas ondas, porque o vento soprava contra ele. Alta madrugada, Jesus dirigiu-se a eles, andando sobre o mar. Quando o viram andando sobre o mar, ficaram aterrorizados e disseram: “É um fantasma!” E gritaram de medo. Mas Jesus imediatamente lhes disse: “Coragem! Sou eu. Não tenham medo!” “Senhor”, disse Pedro: “se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas”. “Venha”, respondeu ele. Então Pedro saiu do barco, andou sobre as águas e foi na direção de Jesus. Mas, quando reparou no vento, ficou com medo e, começando a afundar, gritou: “Senhor, salva-me!” Imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: “Homem de pequena fé, por que você duvidou?” Quando entraram no barco, o vento cessou. Então os que estavam no barco o adoraram, dizendo: ”Verdadeiramente tu és o Filho de Deus”. Mateus 14:23-33


Andar sobre as águas é andar sobre as promessas de Deus. Não há nada em que possamos apoiar nossa fé a não ser em suas promessas. Não há terra firme, não há ninguém que possa nos dar garantias. Não há evidências nem palavras de pessoas. Andar sobre as águas é olhar para Jesus e deixar que suas palavras nos ajudem a sair do barco e ir em frente. E deixar que Ele nos segure se começamos a afundar dominados pelo medo. Sentimos que não tínhamos outra alternativa. Ou ficávamos imobilizados dentro de um barco que estava sendo fustigado pela tempestade, ou rompíamos em fé. Não há como fazer isso sem Jesus. Não conheço ninguém que o tenha feito.

E assim percorremos os seis meses restantes de gravidez flutuando suavemente sobre as águas da fé. De vez em havia um solavanco, quando olhávamos para os lados e percebíamos que estávamos vivendo uma tremenda loucura, que não tínhamos qualquer apoio sob os nossos pés, e começávamos a afundar (glub, glub...) Então, como Pedro, gritávamos: “Senhor, salva-me!” E lá vinha Jesus pacientemente nos dar a mão e nos conduzir novamente às águas tranquilas da sua presença.

Durante a internação da Vitória, lá estávamos nós andando sobre as águas. De vez em quando revejo as fotos daquela época, e vejo um casal sorrindo em meio a um monte de fios e aparelhos, segurando uma criança com a cabeça enfaixada para proteger seu cérebro. Vejo-nos felizes com uma criança que todo mês ouvíamos que podia estar morrendo. Que diziam que não tinha consciência, nem sensações, nem condições de crescer. Vejo uma bebezinha com um diagnóstico incompatível com a vida e com prognóstico péssimo corada e dormindo tranquilamente com o rosto entre as mãozinhas. Eu forço um pouco os olhos e consigo ver algo mais. Eu vejo Jesus ali do nosso lado segurando firme as nossas mãos.


Muito obrigada, Senhor, por estes oito meses de vida da Vitória. Obrigada por nos sustentar. Sem o Senhor nunca teríamos dado um passo sequer. Obrigada por sempre nos ouvir quando gritamos por socorro. Obrigada por nos estender a mão todas as inúmeras vezes que afundamos. Muito obrigada pela vida da Vitória. Sem o Senhor ela não estaria conosco. Glórias a Ti, Jesus, pela Vitória de Cristo.

“O Senhor é o meu pastor; de nada terei falta. Em verdes pastagens em faz repousar e me conduz a águas tranquilas. Restaura-me o vigor. Guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome. Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem. Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver”. Salmo 23:1-4; 6



20 comentários:

  1. Joana, cada vez que leio as notícias da Vitória no Blog, agradeço a Deus a vida que tenho, e oro por vocês, para que vocês continuem com as forças renovadas no Senhor a cada dia, a cada sorriso da Vitória. Todos nós temos pedras no caminho, alguns aprendem a dar volta, a removê-la do caminho, a passar por cima, mas tem também aqueles que desistem, e graças à fé, vocês não desistiram e hoje colhem os frutos do amor que vocÊs semearam pela vida, vocês são um exemplo de fé e de amor. Vocês estão sempre em minhas orações. Kríssia Heidrich - Taquara/RS

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por mais um mês!
    Parabéns por essa felicidade que nos contagia e emociona!
    Parabéns pela caminhada ao lado do Senhor, da qual vocês testemunham com tanto fervor!
    Deus continue abençoando sua linda família com a presença dEle.
    Lendo suas palavras, entendo um pouquinho mais o que é "dar honra e glórias ao Senhor"...
    Abraços fraternos.

    Edu.

    ResponderExcluir
  3. Joana,

    Muito obrigada por compartilhar estas palavras maravilhosas e um testemunho tão forte e vívido como o de vocês.

    Deus é o um Deus de Milagres, e a Vitória é a prova disto.

    Parabéns pelos oito meses de tua princesinha, que é linda, serena, abençoada.

    Continuem se fortalecendo no Senhor e registrando tudo aqui, pois Deus age através das tuas palavras.

    Beijos para vocês.
    Priscila Sant'Anna

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela Vitória! 8 meses, que delícia! Que Deus continue te abençoando, sabe que eu tenho a impressão que você é bem estudiosa, acho que vai ter uma vida acadêmica brilhante.

    Querida Jo, vamos estar em São Paulo este final de semana a partir de 5ª até sábado e gostaríamos de visitá-los, vocês etão recebendo visitas?

    Também queria aproveitar para elogiar sua redação, este texto ficou impressionante, pois dá para nos transportar para o momento que você atendeu o telefone, dá para participar tão intimamente do seu momento, lembrei que esta não foi a primeira vez, teve uma outra vez na sua conversão no sul que Deus usou uma mulher desconhecida para falar com você... O Pai gosta de falar assim contigo, hein? Que legal!

    Aguardo para saber da visita.

    beijos, Ju

    ResponderExcluir
  5. QUERIDOS!
    Terminei de ler a última postagem, parei e agradeci à DEUS por ter me dado a Graça de ter uma filha chamada JOANA, que me deu uma neta, chamada VITÓRIA e que juntas me ensinam tanto sobre DEUS, sobre fé, esperança.
    Que conseguem transmitir paz,alegria e gratidão.
    Minha filha, é preciso ter um coração muito forte
    para ler o que maravilhosamente tu escreves.
    Eu estou muito emocionada com tudo. Que fotos lindas!
    Como é bom chegar em casa e poder ver e ter a certeza que a nossa princesa está bem, e ver a felicidade de todos vocês.
    Tenham uma boa noite!
    beijinhos para a Vitória!
    Alice.

    ResponderExcluir
  6. Joana, Marcelo e Vitória de Cristo,que linda família!
    Amei a Vitória de lacinho!
    Agradeço ao Pai pela vida de vocês e pelo desprendimento em criar o blog, tem abençoado muito a minha vida.
    Abraços, Lise.

    ResponderExcluir
  7. Trabalho no Hospital em que a Vitória esteve desde o nascimento. Acompanho o Blog desde o início e a cada dia fico mais feliz e emocionada pelo progresso dessa "Guerreira" de Deus e dos pais abençoados que ela tem. Somente palavras lindas da Bíblia para transmitir o quanto é poderosa a presença de Jesus na vida da Vitória e de vocês. Parabéns por tudo! Que o Senhor Deus tenha misericórdia de todos nós, todos os dias! Um abraço, Elaine Oliveira.

    ResponderExcluir
  8. Joana, que msg linda.... uma das mais bonitas.
    Desde que conheci a Vitória tenho pensado sobre Deus de forma diferente.
    Hoje, alcancei uma vitória, minúscula perto do que vocês vivem, mas que eu tenho certeza ser graça de Deus.
    Enquanto esperava por hoje... um dia que eu não sabia se chegaria, muitas vezes li o blog e pensei: "se Deus pode fazer isso, pode mudar minha realidade também".
    E está mudando.
    A partir de hoje encaro um novo desafio e continuarei buscando o apoio em testemunhos como o de vocês.
    Ainda quero ver nossa pequena mostrando ao mundo quanto o nosso Deus é poderoso e "frustrando" aqueles que esperam sua morte.
    Limitados? Todos somos. Somos deficientes de amor, fé, coragem, sinceridade, misericórdia.
    A Vitória? É perfeita aos olhos de Deus e de todos que a amam.
    Um beijo grande e obrigada por tudo.

    ResponderExcluir
  9. Joana,
    Li seu post sobre a dificuldade de levar a Vitória às consultas.
    Trabalho em horário comercial e sei que isso não ajuda, mas gostaria de me colocar à disposição.
    Caso vc precise e eu possa ajuda, é só falar.
    Flavia

    ResponderExcluir
  10. Cada dia mais surpresas e palavras lindas sobre a Vitória. Com certeza muitas bençãos ainda estão por vir. Torço muito por vocês! Adorei a Vitória de lacinho!Ficou ainda mais linda!
    Forte abraço...e beijinhos na Vitória.

    ResponderExcluir
  11. Querida Joana
    Fiquei muito emocionada ao saber melhor a história de Vitória que Deus tem escrito com tanto amor e cuidado. Falarei do exemplo de vcs de fé para as pessoas aqui em Vitória-ES, sei que Deus usará tudo isso para a sua glória. Obrigada por nos deixar conhecer suas vidas e assim conhecer mais do amor e poder do nosso Pai.
    Com amor.
    Raquel
    almirvolei@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  12. Joana!

    Fico tão feliz cada vez que vejo o que Deus feito na vida da Vitória, ela está tão linda, gordinha e de lacinho que graça!!Que Deus abençõe vocês cada vez mais, tenho orado pela Vitória e também pelas crianças que você pediu oração no seu blog, por que é para isso que o Senhor tem nos chamado para sermos canal de benção para outras pessoas. Um grande abraço

    ResponderExcluir
  13. Oi Joana, tudo bem com vcs?
    Sou sua vizinha Carol.
    Quero te contar uma coisa: toda semana eu acesso este blog pra saber como vcs estão. Aprendo a ser mais humana com vc.
    Nem conheço sua filhota, mas já a amo.
    E te admiro demais. Vc e o Marcelo.

    Não vejo a hora de estarem perto da gente, para eu poder dar um abraço bem gostoso nessa bebê fofa!

    Obrigada por nos ensinar o amor de Cristo.
    beijo grande

    ResponderExcluir
  14. oi, vi entro sempre no seu blog fico tão feliz de lhe ver cada dia mais linda minha flozinha trabalho no hospital em que vc nasceu limpava sua uti tds dias pois fazia questão pra pode ver vc bonequinha de Deus quando o pessoal pergunta gente e vitória como ela estar ai eu dou notiias de vc flozinha vc é uma vitoria de Deus meu amorzinho. abraço pro papai e mamãe e que Deus lhe ilumine sempre meu anjinho bj conceição souza.

    ResponderExcluir
  15. Olá...
    Eu me chamo Emanuella, estou com 14 semnas de gravidez, essa semana recebi a noticia de que meu bebe sofre de acrania. Está sendo muito duro para mim e meu esposo ter que enfrentar isso. Vocês não tem idéia do quanto me fortaleceu e me encheu de esperança ver a historia de vocês e saber que sua filha está ai.. Linda e fofa, um anjo como vcs falaram.

    Estamos orando muitoo e pedindo forças a DEUS. Acreditamos que ELE é o DEUS do impossivel e que faz tudo certo no tempo certo.

    ResponderExcluir
  16. Olá, nossa, fique emocionada com este relato.. Tenho 18 anos e estou grávida de 7 meses de uma menina chamada também, por coincidencia de Victória. Sempre achei este nome muito lindo e sempre quis colocar ele na minha filha quando tivesse. E agora vendo essa história, me alegro mais ainda de ter escolhido esse nome para minha bebê... Desejo a vocês toda a sorte do mundo com essa pequena princesa e presente de Deus. Que ela supere todas as lutas que passar e vcs tenham mais força a cada vez que olhar pra ela e ver esse rostinho lindo de anjo... Um grande beijo!! Ludimilla

    ResponderExcluir
  17. Primeiramente parabéns a vcs pela fé e temor de Deus...por muito pouco desviei-me da igreja a quase 3 anos,sou uma adolecente de 18 anos,sendo que um dia na igreja após eu ter sido resgata das mão de satanás devido ao coma alcoolico.meu pai havia morrido a 1 ano bem no dia dos pai na frente dos meus irmãos de 4 e 5 anos,em uma comemoração na escolinha,minha ma~e ficou com depressão e eu me vi sozinha...em um colégio que rolava drogas e bebidas..em uma sexta feira de tarde alguns colegas de classe se reuniram na minha casa,eu estava a dois dias em sem comer nada,ai comecei a beber vodka pura sozinha...em fim tive trez vezes convunções e quase nã havia mais pulsação,por irônia do destino ambulância que levou meu pai no dia de sua morte,foi a mesma equipe que veio me socorrer,quando minha mãe viu a cena acho que ela deve ter revivido o momento e descompassadamente começou a critar,pois praticamente eu ja estava morta fiquei em coma durante 17 horas,a única coisa que me lembro vagamente e que meu corpo parcia descer para um lugar muito profundo e distante,parecia não ter fim,lendo a historia da familia de vocês e a fé,o amor por Deus me senti envergonhada de voltar a fazer as coisas do mundo, e de tudo o que Deus fez pra mim ele me salvou do sofrimento eterno e eu fui ingrata..não sei como chegui aqui mais saibam que eu os admiro e nesse domingo eu retornarei a igreja..E que Deus abençoe a Vitoria e que ela seje motivo de grande orgulho pra vcs,mais uma vez parabéns e fiquem na paz do senhor

    Jade Naville

    ResponderExcluir
  18. Oie meu nome é Adriana.
    estou muito feliz de conhece-los
    as vezes reclamamos de coisas tão pequenas,
    e esquecemos que o nosso DEUS é o DEUS do impossível, o DEUS de maravilhas.
    é só olhar para Vitória!e vemos DEUS!
    Amiga a minha filha tbm se chama Vitória.rs
    e ela é uma benção na minha vida.
    e hj com a graça de DEUS ela ta completando 5 aninhos!!! Q DEUS ilumine sempre as nossas VITÓRIAS... Um abraço para vcs!
    e um beijinho nessa buchecha gostosa da Vitória!

    ResponderExcluir
  19. Essa menininha é muito guerreira como é grande o AMOR de Deus e Deus sempre esta provando a nossa fé esta família é iluminada por Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
  20. Que Deus abençoe em abundância a vida de todos voês, pois Nele confiaram e nunca desistiram. Deus ainda há de fazer mais nas suas vidas e de seu filhotinho.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita ao nosso blog. Comentários são bem-vindos e muito especiais! Por favor confira algumas orientações antes de deixar sua mensagem:

1) Este blog é um registro pessoal de nossa vida com nossa filha Vitória, que viveu conosco por 2 anos e meio após a gestação. Ela faleceu em julho de 2012.
2) Comente de maneira séria e respeitosa. Mensagens ofensivas ou desagradáveis irão p/ a lixeira.
4) Infelizmente nem sempre consigo responder todas as mensagens que recebo, mas leio a todas com muito carinho.
5) Se você está vivenciando ou vivenciou uma gestação de um bebê com acrania e anencefalia, temos um grupo muito especial de apoio no Facebook onde você será bem-vindo: www.facebook.com/groups/acraniaeanencefalia (copie e cole este endereço em sua barra de endereços da internet)
6) Se preferir, contate-me pelo e-mail joanaschmitz@yahoo.com.br

Muitíssimo obrigada por sua compreensão e respeito.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...